Como descobrir o seu biotipo?

SEMPREEE que falo sobre uma peça ou uma tendência, vem alguma pergunta “DZ, mas isso fica bom pra quem tem quadril largo/estreito? seios grandes/pequeno? e por ai vai..
E uma das principais coisas que deveríamos saber antes de sair se vestindo, é DESCOBRIR SEU BIOTIPO! A partir dai você sozinha pode saber se tal tendência, ou tal peça vai te favorecer ou de qual forma você deve usar pra te favorecer! Porque no fim, as tendências da moda são para todas as mulheres e seus tipos de silhueta! Basta saber como usar e o que evitar.

Biotipo nada mais é que o seu tipo físico e estrutural corporal, são cinco biotipos: oval, triângulo e triângulo invertido, ampulheta e retângulo:

IMPORTANTE: Vamos medir baseados em pontos estratégicos que estudam sua ossatura, e não o final do braço ou quadril. Por isso seu biotipo NÃO VARIA CONFORME SEU PESO! Isso é um dos maiores mitos, Se a pessoa está gordinha, não quer dizer que é formato oval ou redondo. Existem muuuuuitas pessoas com sobrepeso e até obesas do tipo ampulheta viu?

DEPOIMENTO MUITO PESSOAL:
Primeiro de tudo, não trabalhamos com achismos e sim medidas reais! Digo isso, porque já ouvi muuuuuitas vezes mulheres reclamando por exemplo: “ahh eu devo ser triangulo invertido porque tenho um bumbum muito grande!”
E isso as vezes é somente distorção nossa, sabia? Digo isso porque EU mesma me achava triangulo invertido 🤦🏼‍♀ e quando fui medir não tinha NADA A VER! Da mesma forma que achava que tinha cintura, mas nos parâmetros da Consultoria de Imagem, não tenho! E tá tudo bemmmmm!!!!! Não sou nem mais feia, nem mais bonita porque descobri e aceitei os meus parâmetros. Pelo contrário, se eu já achava que tinha cintura, posso usar ou não as técnicas de afinar ainda mais, e agora também não tenho que me preocupar em disfarçar meu quadril. É LIBERTADOR!

COMO DESCOBRIR?
Existem varios métodos, o que eu mais gosto é o visual, sem fita métricas. Porque é visualmente que seu corpo é percebido pelas outras pessoas. Ninguém chega com uma fita métrica em você no dia-a-dia certo? Então se ,visualmente, você passa uma imagem de triângulo invertido, você é triangulo invertido e deve usar as táticas para favorecer um triangulo invertido! SIMPLES!

PRIMEIRO PASSO: Com ajuda de uma pessoa, encontre o ossinho do seu ombro. Sabe aquele ossinho que fica uma pontinha? Se não souber, procure “acrômio clavicular” no google! haha (colocar link: https://static.todamateria.com.br/upload/ar/ti/articulacoesdoombro-cke.jpg em “acrômio clavicular”)
SEGUNDO PASSO: localize o ossinho do quadril que aponta pra frente. Se não souber, procure “tubérculo ilíaco” no google!
TERCEIRO PASSO: localize o ponto mais profundo da sua cintura.
QUARTO PASSO: peça a sua ajudante, para fazer uma linha reta com o próprio braço entre o primeiro ponto no ombro e o segundo ponto no quadril.

OMBRO E QUADRIL:

  • Se o ponto do ombro for mais pra dentro que o quadril: você é do biotipo triângulo invertido.
  • Se o ponto do quadril for mais pra dentro que o ombro: você é do biotipo triângulo.
    Nesses dois casos, não precisamos da medida da cintura.
  • Se o ponto do quadril e ombro estiverem alinhados em uma reta, vamos analisar agora a cintura:

CINTURA: Ainda com a reta formada pelo braço da sua ajudante, analise se o ponto da sua cintura, fica muito para dentro, fica na reta ou fica para fora dessa reta.

  • Se o ponto da cintura for muito, muito para dentro: você é do biotipo ampulheta/X
  • Se o ponto da cintura for levemente para dentro ou quase reto: você é do biotipo retângulo
  • Se o ponto da cintura for para fora dessa reta, você é do biotipo oval ou redondo. (Vou explicar a diferença das duas logo abaixo)

Então agora que você já sabe o seu biotipo, vamos aprender a valorizá-lo?
No caso das mulheres, as correções que fazemos nos biotipos é sempre chegarmos mais proximo da “silhueta convencionalmente ideal”da ampulheta: ombros e quadris visualmente no mesmo tamanho e cintura mais marcada. Lembrando que isso é um padrão da sociedade atual. Isso vai mudando com o tempo.

  • TRIÂNGULO INVERTIDO
    Medida do ombro são mais amplos do que a medida do quadril. Assim, a impressão que temos é que os ombros são mais largos ou seus quadris muito estreitos.
    Na maioria dos casos as pernas são mais finas e os seios são grandes, a cintura normalmente não é nada marcada.
    Aqui a ideia é diminuir visualmente os ombros ou aumentar visualmente o quadril.
    Solução: Equilibrar as medidas do corpo, disfarçando o excesso na parte de cima da silhueta, tornando a mais feminina e menos androgena.
    Aposte: Camisas sem golas exageradas , calças com pernas mais soltas e vestidos com modelagem soltas, para dar equilíbrio do quadril com os ombros.
    Evite: roupas com volume na parte de cima da silhueta, com alças muito finas ou grandes decotes para que equilibrar a silhueta e nao acabar aumentando ainda mais os ombros.
  • TRIÂNGULO Medida do quadril é mais ampla do que a medida dos ombros. Assim, a impressão que temos é que os quadris são largos ou seus ombros muito estreitos.
    Em evidencia estão os quadris, e normalmente a cintura é marcada, costuma ter coxas grossas e seios pequenos ou médios. É um tipo de corpo que lembra o estilo ampulheta, só que com menos ombro, pois o mesmo é menor em relação ao quadril, não misture!
    Aqui a ideia é aumentar visualmente os ombros ou diminuir visualmente o quadril.
    Solução: Evidencie a parte de cima da silhueta com peças ombro-a-ombro, cores em tons claros ou com detalhes capazes de equilibrar os volumes e equilibrar a silhueta.
    Aposte: shorts de cores escuras, saias e vestidos evase e blusas menos justas na parte de cima do corpo.
    Evite: calças e blusas extremamente largas, pois podem engordar, e também modelagens de cintura baixa, pois achatam a parte de baixo do corpo e acentuam os quadris.
  • RETANGULO A silhueta retangular, tem os ombros, a cintura e o quadril com praticamente a mesma medida. A cintura normalmente é pouco marcada, lembrando o formato de um retângulo mesmo. Muito comum em silhuetas de modelos de passarela, porque grande parte das mulheres que são altas, magras e de pernas longas se encaixam nesta silhueta.
    Aqui a ideia é dar a impressão que a pessoa possui uma cintura mais fina.
    Solução: criar ilusão de cintura, deixar mais feminina.
    Aposte: Roupas justas e acinturadas na parte de cima evidenciando e marcando a falsa cintura, criando uma silhueta mais curvilinea.
    Evite: Peças justas por inteiro.
  • AMPULHETA                                    A silhueta ampulheta também é conhecida como X, e é considerada dessa forma, porque os ombros e os quadris possuem o mesmo tamanho e a cintura é bem marcada, dando essa quebra.
    Aqui a ideia é manter a proporção ideal que seu corpo já tem.
    Solução: Evidenciar a cintura.
    Aposte: cintos para marcar, peças com recortes na cintura, transpassadas ou modelagens que marcam suas curvas.
    Evite: roupas soltas demais, e acabar deixando as formas muito avantajadas que escondam sua silhueta.
  • EM 8       É o biotipo mais comum da mulher brasileira! Enquanto a mulher da silhueta ampulheta é mais “sequinha” e magrinha. A silhueta em 8 é mais “voluptuosa”. Então, por mais que se pareçam nesse desenho técnico, na prática são bem diferentes e as dicas para realçar cada uma também! Na morfologia em 8, as formas são arredondadas, os seios e quadris ficam em evidência, e a cinturinha bem marcada. Assim como normalmente os ombros são mais caídos, ou arredondados. Ah e vocês sabiam que normalmente as pessoas com essa silhueta tem dificuldade em usar bolsa no ombro? Simmm, pois por ele ser mais arredondado, ela acaba escorregando. Solução: Deixar a estrutura mais reta, valorizar as curvas sem aumentá-las, principalmente os ombros. Aposte: Casacos com ombreiras, lapelas ou fitas, manga volumosas, que deem um falso “ombro”. E também camisas normais que tenham listras ou desenhos retos nessa parte superior dos ombros e colo. Evite: cortes apertados, que acabem deixando as formas muito avantajadas e dar uma forma mais caída a ombros e quadris. Estampas muito redondas e bolas na região superior do tronco também dão aspecto estranho e reforçam as curvas e volumes.
  • OVAL                                                                                    A silhueta oval tem como foco principal a barriguinha, que neste caso é a maior medida do corpo. O tamanho dos seios e dos ombros podem variar de pessoa para pessoa, assim como as pernas e o quadril. Normalmente quem está acima do peso se encaixa nesta categoria. Mas atenção, essa silhueta é só para você que perceber que a medida da cintura, ultrapassa a medida dos ombros ou quadris.
    Solução: disfarçar os quilinhos a mais criando uma sensação falsa de cintura e alongar a silhueta(tronco, principalmente).
    Aposte: peças com decote V ou U, modelagens acinturadas são perfeitas para criar a ilusão de uma falsa cintura.
    Evite: roupas justas na parte abdominal

E aí curtiram? Descobriu qual é o seu biotipo?

  • REDONDO      
    A silhueta redonda como ja diz o nome possui uma morfologia totalmente arredondada, só que de uma forma equilibrada. Ela apresenta volume nos quadris, cintura, busto e barriga. Você é uma mulher em O, se você tem ombros pequenos, um peito generoso,  quadris largos e bumbum grande.  Mas preta atenção, é um corpo bem feminino e comum, pois é bem harmonioso.
    Solução: Alongar a silhueta, assim afinando como um todo o corpo inteiro.  
    Aposte: Gola V, blusas não muito justas na cintura, use colores longos, ou até mesmo um lenço caído sobre os ombros, chamando atenção para ele e criando ilusão de ombros mais largos
    Evite: Quando usar peças nao tao ajustadas, saber medir e acabar por aumentar ainda mais a silhueta,  não use gola alta, nem redonda.                                                                       

E aí curtiram? Descobriu qual é a sua silhueta?

Compartilhe:

@DZtips

Deborah Zandonna, mineira de Belo Horizonte, tem 28 anos e é formada em Publicidade pela PUC Minas e em Consultoria de Imagem pela École Supérieure de Relooking Paris, além de cursos como Fashion Campaign & Advertising do Instituto Marangoni-Milão. E atua nos campos de Moda, Marketing e Midias Digitais.

Siga nosso conteúdo nos instagrams @deborahzandonna e @dztips!

Meus trabalhos /jobs

Personal Stylist

Consultoria de imagem, de estilo, visagismo, personal shopper

Palestras

De marketing digital a produção de conteúdo de moda na Internet

Eventos

Bate-papo e palestras abordando moda, praticidade e consultoria