Opções de Lazer em Minas no Feriado 02/11

Pra quem gosta de curtir uma natureza, e quer ficar mais pertinho de casa, ou pras meninas que vierem conhecer o nosso estado, não tem só roça por aqui não viu? Minas Gerais apresenta roteiros muito bacanas desde culturais até radicais. Confiram as dicas:

Ecoturismo pelas cidades do entorno

Que tal fazer um passeio de balão, na Serra da Moeda, a 40 quilômetros da capital mineira? os balões, dotados com os mais modernos recursos de pilotagem e segurança, chegam a quase mil metros de altura e levam até 10 pessoas de uma só vez. Os vôos, que duram em média uma hora, são realizados de manhã, entre 6h e 9h, em locais de rara beleza, como a Lagoa dos Ingleses, fazendas, montanhas e a Serra da Moeda.

Outra opção que também oferece contato direto com a natureza é o passeio pelo Parque do Caraça, a 120 km de BH. Com uma área superior a 11 mil hectares, o belíssimo cenário é interceptado pelos picos da Serra de Catas Altas e pelo da Carapuça, numa zona de transição entre a Mata Atlântica e o Cerrado.
O Parque guarda atrativos como trilhas, cachoeiras, ruínas da Capelinha e a Gruta do Centenário, a mais profunda e extensa cavidade natural em quartzito do mundo, com 410 metros de profundidade. Além disso, podem ser contempladas várias espécies animais raras como o lobo guará, o sauá ou guigó, onça parda e inúmeros pássaros, como o beija-flor-de-gravatinha, um dos menores do mundo.

Roteiros culturais

Diferente de todos os estereótipos, o <strongMuseu de Inhotim é uma excelente opção para um passeio em família, e está a apenas 60 km de BH. Ao todo são mais de 500 obras de artistas de renome nacional e internacional como Tunga, Cildo Meireles e Hélio Oiticica – este último, famoso pelas obras Cosmococa, que permitem ao espectador experiências multisensoriais. Para os amantes da arte, as obras podem ser visitadas de forma singular, pois estão dispostas de maneira não linear. As exposições se dividem em trabalhos permanentes, ao ar livre, em meio ao jardim botânico, imersas na mata, no topo de uma montanha, ou sobre um espelho d’água e também em quatro galerias temporárias: Fonte, Lago, Mata e Praça.

Outra opção, ainda mais próxima, é o Circuito Cultural Praça da Liberdade. Conhecida como um dos principais cartões postais de Belo Horizonte, a Praça da Liberdade, em breve, ganhará o título de maior complexo de cultura do país. Todo o seu conjunto arquitetônico está sendo reformado e preparado especialmente para abrigar acervos históricos, artísticos e temáticos; centros culturais interativos; biblioteca e espaços para oficinas, cursos e ateliês abertos e um dos planetários mais modernos do mundo.

Os seguintes espaços já estão abertos para visitação no feriado e fim de semana: Arquivo Público Mineiro, Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, Espaço TIM UFMG do Conhecimento, Museu das Minas e do Metal, Memorial Minas Gerais Vale, Palácio da Liberdade e Museu Mineiro.

Gostaram das dicas girls?
Beijocas

Compartilhe:

Deborah Zandonna

Deborah Zandonna, mineira de Belo Horizonte, tem 28 anos e é formada em Publicidade pela PUC Minas e em Consultoria de Imagem pela École Supérieure de Relooking Paris, além de cursos como Fashion Campaign & Advertising do Instituto Marangoni-Milão. E atua nos campos de Moda, Marketing e Midias Digitais.

Meus trabalhos /jobs

Personal Stylist

Consultoria de imagem, de estilo, visagismo, personal shopper

Palestras

De marketing digital a produção de conteúdo de moda na Internet

Eventos

Bate-papo e palestras abordando moda, praticidade e consultoria