“Detox”: é realmente bom ou só modinha?

image

Apesar de todo mundo agora falar em detox, esse processo NÃO é uma modinha, girls!! Desde que seja feito direitinho!!!
A Detoxificação é um processo real que acontece a todo momento no seu corpo e é vital para sua sobrevivência. Na verdade, problemas no processo de detoxicação do corpo é uma das raízes de diferentes doenças.
Fígado, rins e intestinos (e pele) são órgãos diretamente envolvidos na limpeza da casa e precisam estar em bom funcionamento para saúde plena. Se você está se sentindo lenta(o) e fatigada(a), muito provavelmente sofre com algum nível de intoxicação.
E SIM, o que você come pode ajudar ou atrapalhar o seu corpo a “tirar o lixo”

É como dizem: Quando você come, está alimentando ou combatendo a doença.
A razão de tanta confusão e polêmica com o Detox acontece porque a palavra praticamente virou sinônimo de dietas malucas, baixíssimas em calorias e gordura em que as pessoas passam dias e dias tomando apenas suquinhod e diuréticos para entrar no vestido naquela festa de sábado ou se redimir da jacada do fim de semana! Hahaha. Essas dietas definitivamente não vão te ajudar no médio-longo prazo.

A maioria de nós está intoxicado, em algum nível. A boa notícia é que você não precisa ir a um spa ou de pozinhos verdes mágicos para obter ajuda. Confere essas 10 dicas básicas que você pode começar, de acordo com o Dr. Mark Hyman:

>> Beba muita água, pelo menos oito a dez copos de água filtrada por dia.
>> Mantenha seus intestinos em movimento, pelo menos uma ou duas vezes por dia. Se você não consegue, então você precisa de alguma ajuda e isso pode incluir a ingestão de linhaça, probióticos e até suplementar com citrato de magnésio. (Se você tiver alguma doença ou sintoma crônico, você tem que ter cuidado especial ao tomar suplementos, discuta a questão com o seu médico)
>> Dê preferência máxima a produtos animais e vegetais orgânicos para eliminar a exposição a toxinas em nossos alimentos.
>> Comer várias porções de frutas e vegetais coloridos todos os dias. Em especial a família dos crucíferos como brócolis, couve, couve, repolho, couve de Bruxelas, couve-rábano, bem como a família do alho, alho, cebola, que ajudam a aumentar a enxofre no corpo e ajuda a desintoxicação. (É nisso que a inclusão de sucos verdes e outros com vegetais é positiva para aumentar o consumo de verduras em momentos que normalmente você não consumiria)
>> Evite estimulantes, sedativos e drogas, como a cafeína, a nicotina, e reduza a ingestão de álcool.
>> Exercite-se (de 3 a) 5 dias por semana com foco no condicionamento do seu sistema cardiovascular, fortalecimento muscular e exercícios de alongamento.
>> Livre-se das ameaças brancas: farinha branca, açúcar branco e sal refinado.
>> Tome um multi-vitamínico e mineral de alta qualidade
>> Relaxe profundamente todos os dias, para colocar o seu sistema nervoso em um estado de calma, descanso e relaxamento.
>> Suar profusamente com certa frequência, utilizando uma sauna, vapor ou banho de desintoxicação.

Essa são algumas dicas que comprovadamente possuem o “poder” de ajudar o seu corpo a limpar a casa como deve! Não são difíceis né?? Pequenas mudanças na nossa rotina já fazem MUITA diferença!!

Se ainda assim, você quer ajuda para implementar passos simples de desintoxicação e combate aos vícios em açúcar e outros alimentos e começar com o pé direito um processo de emagrecimento definitivo, dá uma olhadinha aqui no Método Start de Desintoxicação em Emagrecimento!

Beijocas!!
image

Compartilhe:

Deborah Zandonna

Deborah Zandonna, mineira de Belo Horizonte, tem 27 anos e é formada em Publicidade pela PUC Minas e em Consultoria de Imagem pela École Supérieure de Relooking Paris, além de cursos como Fashion Campaign & Advertising do Instituto Marangoni-Milão. E atua nos campos de Moda, Marketing e Midias Digitais.

Meus trabalhos /jobs

Personal Stylist

Consultoria de imagem, de estilo, visagismo, personal shopper

Palestras

De marketing digital a produção de conteúdo de moda na Internet

Eventos

Bate-papo e palestras abordando moda, praticidade e consultoria